Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 11 de abril de 2017

United Airlines passenger incident sparks boycott in China



A video showing a man being violently dragged off a United Airlines flight on Sunday has led to an uproar on social media.
Just a few weeks after the United Airlines received a backlash for banning two girls wearing leggings, the airline made headlines in both the United States and China after the video was posted online by another passenger.
The footage captures aviation officers forcibly pulling a 69-year-old male from a window seat on flight 3411.
The scene occurred just before the aircraft was about to take off from the Chicago O'Hare International Airport, headed to Louisville.
The man, only known as a doctor, had a bleeding mouth and was mumbling in the video. Cries for help from other passengers could also be heard.

#CHINAFORCE - United Airlines forcibly removes a man from an overbooked flight


MANY airlines habitually overbook flights, working on the assumption that a few passengers will always cancel at the last minute. By selling more tickets than seats, they can ensure their flights are full even when there are no-shows.
Sometimes that calculation misfires and airlines have to bump passengers. There is a right and a wrong way to do this. The option United Airlines plumped for on April 9th would strike most as the wrong way. 
According to the Courier-Journal, after passengers had boarded a service from Chicago to Louisville, Kentucky, the airline discovered that it needed to fly some stand-by employees to Louisville for a flight the following day. When no passengers accepted an offer of $400 to be placed on a later flight, it upped the ante to $800 (plus a night in a hotel).

United Airlines Passenger Is Dragged From an Overbooked Flight

sexta-feira, 7 de abril de 2017

E agora Vladimir Putin? Por José Carmo




Acabei de ouvir o discurso do presidente americano Donald Trump na CNN, no qual ele justifica que as ações na Síria foram uma resposta ao ataque químico contra civis. Ele não deixa claro se esta foi uma operação de advertência contra o regime de Bashar al-Assad.

No xadrez geopolítico ele fez uma jogada inesperada, deixando analistas internacionais, a mídia e diversos chefes de Estado surpresos. Já que Trump sinalizava que seu governo diminuiria as intervenções ao redor do mundo e concentraria esforços em solucionar os problemas domésticos.
A expectativa agora é sobre o comportamento da próxima peça do tabuleiro: a Rússia, que possui laços históricos com a Síria, O presidente russo Vladimir Putin deverá se pronunciar sobre o ataque americano. O tom e as palavras que serão utilizadas vão delimitar até que ponto ele apoia Trump e os riscos de novas crises naquela região.
Uma pergunta se faz necessária. Será que a mudança no comportamento do líder americano se deve a uma justificada indignação com os ataques?
Ou ele está procurando um inimigo fora do seu território, para diminuir a pressão da cobrança interna no país?

Leitura recomendada:

10 perguntas para entender o ataque químico 

EUA lançam misseis contra a Síria 


Assista 
Live Now: President Donald Trump Orders Military Strikes in Syria.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Prisão de correspondente na Turquia causa indignação na Alemanha

Governo, políticos e intelectuais criticam detenção do jornalista Deniz Yücel, de nacionalidade turca e alemã. Desde golpe de Estado fracassado de 2016, Erdogan aumentou cerceamento à imprensa.

Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo à ela os créditos pelo mesmo.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

10 mortos em atentado na Turquia.

Homem bomba que praticou o ataque num ponto turístico é de acordo com o governo turco, de nacionalidade síria e ligado ao grupo terrorista EI.   

Leia mais 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Chega a ajuda para combater a fome em Madaya na Siria



Caminhões com mais de 300 toneladas de comida e suprimentos médicos chegaram a Madaya na Síria.  Lá os moradores estão se alimentando com folhas, cachorros e gatos.   Já foram registradas mai de 30 mortes. 

Leia Mais 



quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Os riscos de 2016 segundo o Eurasia Group



    1. Enfraquecimento de algumas instituições mundiais em virtude do protagonismos de novos atores. ( ONU, OTAN, OMC, etc )
    2. Crise dos refugiados
    3. Desaceleração da economia chinesa
    4. A organização terrorista  EI: Estado Islâmico 
    5. Os efeitos da queda do preço do petróleo na Arábia Saudita
    6. O poder de influencia de dos atores "tecnológicos" ( Mark Zuckerberg, Sergey Brin, Jack Ma, entre outros)
    7. O comportamento imprevisível dos principais lideres da Russia, Turquia, Ucrânia e Arabia Saudita.  Vladimir Putin, Tayyip Erdogan, Petro Poroshenko e bin Salman, respectivamente.
    8. Desdobramentos da crise brasileira 
    9. Ausência de sufrágio eleitoral relevantes em 2016 nos principais emergentes
    10. O comportamento da Turquia em relação a Russia e os refugiados



Acesse aqui o relatório completo

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Após provocações do EI, Erdogan respoderá com declaração de guerra



Após o atentado em Suruc e ataques contra os soldados do exército turco na fronteira, o presidente Erdogan declarou guerra ao Estado Islâmico.   

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Descoberto o que pode ser mais antigo fragmento do Alcorão

Testes indicam que manuscrito pertencente ao acervo da Universidade de Birmingham tem ao menos 1.370 anos e remete à época de Maomé. Trechos do livro sagrado do islã podem ser os mais antigos de que se tem conhecimento.


Link

Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Southeast Asia - a pirates' paradise




Piracy has long threatened Southeast Asia. The conditions in the region suit the pirates - the countermeasures by the governments are sluggish, and the criminal networks are highly professional.

Link

Source: Deutsche Welle

Text copied from the source above mentioned

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Sem papel higiênico e sem oposição: Venezuela cassa direitos políticos de candidato da oposição


Controladoria Geral proíbe Pablo Pérez de exercer cargos públicos pelos próximos dez anos. Ex-governador do estado de Zulia é o quarto político a ser impedido de concorrer às eleições legislativas de dezembro.

Link

Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

'Despertar' militar divide Japão e preocupa vizinhos



Aprovação de leis que permitem o envio de tropas ao exterior pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial gera protestos e relembra feridas de guerra com chineses e coreanos. 



Fonte: BBC
Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

domingo, 19 de julho de 2015

Chegada até Plutão marca história da humanidade




Após nove anos e cinco bilhões de quilômetros rodados, a sonda espacial New Horizons (Novos Horizontes, em inglês), finalmente, chegou à Plutão. Lançada pela Nasa no dia 19 de janeiro de 2006, na Flórida (EUA), ela é a primeira nave terráquea que chegou perto do planeta anão.

Logo após a conquista, a agência espacial postou uma foto do planeta em seu Instagram. A imagem viralizou na internet e tornou-se um marco da ciência. Veja mais curiosidades sobre a viagem da sonda para Plutão no vídeo.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Eurogroup approves launch of Greece bailout talks, ECB raises Greece ELA

The European Central Bank is providing an extra 900 million euros of funds to tide Greek banks over for the coming week. Meanwhile, eurozone finance ministers have agreed to Launch of formal bailout talks with Greece.

Link

Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Bosnian Serbs to vote on state court system



Legislators in Bosnia's semi-autonomous Serb entity backed the holding of a referendum on whether to continue to recognise the state court system. The US embassy in Sarajevo called the move "the work of corrupt Forces."

Link


Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.