Presidente do STF determina suspensão de trechos do decreto presidencial que poderiam beneficiar condenados por corrupção na Operação Lava Jato. “Indulto não é prêmio ao criminoso”, argumenta.

Link

Fonte: Deutsche Welle
Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta