Quanto custa o transporte público de uma cidade? A tarifa que o cidadão paga para utilizá-lo é suficiente para cobrir esse custo? Até que ponto a sociedade deve assumir os custos de um sistema de transporte coletivo, essencial para a mobilidade e a economia local?

Esta discussão aparentemente simples está na essência do trabalho realizado pela ANTP que culminou na Planilha de Custos dos Serviços de Transporte Público por Ônibus. O estudo, lançado oficialmente no mês de agosto, incorpora novos elementos decorrentes das grandes transformações ocorridas no setor e no país nas últimas décadas, uma vez que o último documento de referência nacional foi produzido pelo GEIPOT, e publicado em 1996.

Leia Mais

Fonte: ANTP
Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *