Os brasileiros continuam com muito medo de serem afetados pelo desemprego e com baixa satisfação com a vida. O índice de medo do desemprego subiu 1,8 ponto entre março e julho de 2017, quarto maior valor da série histórica, iniciada em 1999, como mostra pesquisa do IBOPE Inteligência para a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Link

Fonte: IBOPE
Este texto foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *