Renato Battista, coordenador do MBL (Movimento Brasil Livre), chamou de “imbecil” um doador que destinou R$ 1.500 para a campanha de Fernando Holiday, eleito vereador em São Paulo pelo DEM, no ano passado.
A gravação foi obtida pela reportagem da Folha.
“Acabei de tirar extrato do banco e estou indo para o escritório para terminar a prestação de contas. Aparentemente um imbecil doou mais R$ 1.500 no dia 30. A gente está com quase R$ 12 mil sobrando”, afirma Battista, numa mensagem de WhatsApp.
A mensagem foi gravada em 3 de outubro, dia seguinte à eleição, e enviada para o grupo “Estratégia Holiday”, formado por seis líderes do comitê de campanha, entre os quais o próprio candidato.
Fonte: Folha
Este texto
foi retirado da fonte acima citada, cabendo à ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *