1. Enfraquecimento de algumas instituições mundiais em virtude do protagonismos de novos atores. ( ONU, OTAN, OMC, etc )
    2. Crise dos refugiados
    3. Desaceleração da economia chinesa
    4. A organização terrorista  EI: Estado Islâmico 
    5. Os efeitos da queda do preço do petróleo na Arábia Saudita
    6. O poder de influencia de dos atores “tecnológicos” ( Mark Zuckerberg, Sergey Brin, Jack Ma, entre outros)
    7. O comportamento imprevisível dos principais lideres da Russia, Turquia, Ucrânia e Arabia Saudita.  Vladimir Putin, Tayyip Erdogan, Petro Poroshenko e bin Salman, respectivamente.
    8. Desdobramentos da crise brasileira 
    9. Ausência de sufrágio eleitoral relevantes em 2016 nos principais emergentes
    10. O comportamento da Turquia em relação a Russia e os refugiados

Acesse aqui o relatório completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *