Autoridades húngaras, que há meses convivem com o afluxomigratório tanto da Síria como do Afeganistão, tentam distorcer as regras doTratado de Dublin em favor próprio. No impasse, quem mais sofre são osmigrantes.

Fonte: Deutsche Welle
Este texto
foi retirado da fonte acima citada, cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *