E se for possível, como na Espanha apresentar projetos
alternativos para as cidades, com base na experiência e lutas dos que querem
transformá-las? 

Link


Fonte: Outraspalavras.net

Este texto
foi retirado da fonte acima citada, cabendo à ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *