Fonte: CENOFISCO
Este texto foi retirado da fonte acima citada,
cabendo a ela os créditos pelo mesmo.
No DOU de
11/03/2015, foi publicada a MedidaProvisória nº 670, de 10/03/2015, com o objetivo de atualizar a
tabela progressiva para retenção do Imposto de Renda sobre os pagamentos
efetuados às pessoas físicas a partir de 01/04/2015, inclusive salários.
Não
convertida em Lei no prazo legal, teve sua vigência prorrogada por 60 dias, por
meio do Ato doPresidente da Mesa do Congresso Nacional nº 16/15, que foi publicado
no DOU de 04/05/2015.
Dessa
forma, sem considerar os trâmites internos da Casa, nos termos do § 3º art. 62
da Constituição Federal, a MedidaProvisória 670/15 perdeu sua eficácia, pois seu prazo de validade
expirou em 04/07/2015.

Recomendamos, por cautela, que para os pagamentos efetuados às pessoas
físicas a partir da data da perda da eficácia da Medida Provisória seja
utilizada a tabela progressiva anterior, aquela trazida pela Lei nº 12.469/11,
cujo limite de isenção corresponde a R$ 1.787,77.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *