Espetáculo no Instituto Goethe de Porto Alegre retoma a
personagem da mitologia grega Medeia para “denunciar os abusos de uma
imposição histórica e hierárquica masculina”, explica o diretor.

Link

Fonte: Deutsche Welle

Este texto foi retirado da fonte acima citada,
cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *