Lançado em meio à discussão sobre violência policial
contra os negros, segundo romance da reclusa escritora americana apresenta
Atticus Finch, o herói literário dos direitos civis, como um racista convicto.
Fonte: Deutsche Welle
Este texto foi retirado da fonte acima citada,
cabendo a ela os créditos pelo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *