Após o atentado em Suruc e ataques contra os soldados do exército turco na fronteira, o presidente Erdogan declarou guerra ao Estado Islâmico.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *