O Swissleaks já é o maior vazamento da história
de dados sobre contas bancárias na Suiça. Vários países estão envolvidos na
investigação que está sendo conduzida pelo ICIJ (Consórcio de Jornalistas
Investigativos) em parceria com o jornal francês Le Monde.  A base de dados usado compreende o período de
2006 e 2007, neste período o banco manteve US$ 100 bi de 106 mil clientes em
mais de 200 países.
Clique aqui para assistir ao programa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *