Copa das Confederações em junho, visita do Papa em julho, Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016. A agenda do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, está cheia, mas ele afirma que o trabalho é como um “pesadelo bom”. No final dessa “maratona de quatro anos”, ele espera entregar uma cidade transformada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *