Rússia admite que regime sírio também tem responsabilidade em massacre
Mudança de curso: Moscou admite no Conselho de Segurança corresponsabilidade de Damasco em massacre que matou 108 e feriu 300 pessoas. Nova onda de violência pode anular perspectivas do plano de paz de Kofi Annan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *