O primeiro-ministro italiano prometeu renunciar ao cargo quando o Parlamento aprovar as medidas econômicas de 2012 prometidas à União Europeia (UE), o que não acontecerá antes do fim de novembro. O anúncio do líder há 17 anos da direita italiana,..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *